segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

POESIA DE VALDECY ALVES ( Carnaval e Cinzas) COMO REFLEXÃO NUM PAÍS ONDE REINA O MOSQUITO DA MICROCEFALIA E DA CORRUPÇÃO EM ANO DE ELEIÇÃO... NÃO FOI ESCRITA COM 140 PALAVRAS...

Pintura Jardim das Delícias Terrenas -  de  Hieronymus Bosch -  Pintor Surrealista Holandês


Carnaval  e Cinzas

                                 Aos que confundem ilusão com utopia
                                            Fortaleza - Ceará - 08/02/2016

Quanta cor, hein meus amigos?
Quanta beleza e sorrisos!
Quanta música! Quanta alegria!
Dias de pura felicidade!
Quanta dança!  Que corpos lindos!
Arde-se de desejo! Esquece-se do mundo cão!
Vive-se uma utopia!
Em tão pouco tempo!
Dança o país! Dançam todos!
Dança cada cidade... cada dançarino...
E também quem não dança...
Ao som da mesma canção...
Parece até haver igualdade
Além de um raio de liberdade!
Nessa doce ilusão...


Oh, meus irmãos! Minhas amigas!
Meus maravilhosos conterrâneos!
Aproveitem... aproveitem! O máximo!
Essa alegria! A fantasia! Absorvam a anestesia...
Pois a delicada cirurgia virá depois!
Alguns já se agarram à fé e à religião...
Quanto maior o mergulho na ilusão do presente...
Menor será a dor, na operação que virá depois...
A promessa constante de um constante futuro
De pilhamento... de sacrifício... de espoliação
  

Que crime, cometeram, para tão dura pena?
O crime de acreditar no governo do homem?
De acreditar que eleições são feiras livres
Que sua cidadania acaba no voto
E de deixar livres partidos e ideologias
Do alcance das rédeas do poder popular...
Que deve sempre existir após a eleição?!
De acreditar nas promessas...
De evitar maior acompanhamento e participação...
É assim que começa a criatura
Num apetite insano... causado
Pela mais cancerosa roubalheira e corrupção...
Devorar o pai... da própria criação...
E com uma estupidez tamanha
Como a sombra alimentar-se do corpo...
Como o ser que respira
E devora o próprio meio de sua respiração...


E o pós carnaval é a quarta-feira de cinzas...
Cinzas... cinzas... tuas cinzas... num mundo de cinzas...
Cinzas... num mundo cinza... de cinzentas recordações...
De temores futuros cinzentos de futuras cinzas decepções...
Cinzas do que sobrou do seu país no presente...
Cinzas do que sobrou das promessas
Do seu candidato eleito
Do partido de direita ou de esquerda
Que muitos defenderam como se fosse religião...
Afinal suicídio é exercício de livre arbítrio
E morte na maior desgraça se veste de falsa solução...


Cinzas da crença do direito à educação de qualidade
Cinzas do lixo em eu que se transformou a segurança pública
Cinzas de grande parte da cultura dominada
Defensora do fogo da morte do presente...
Cinzas da sociedade devorada
Pela mediocridade do governante ladrão...
Cinza dos corpos cremados
Vitimados pela violência urbana e gratuita
Pelos acidentes ou assassinados pela picada do mosquito
Filho da lama e da corrupção...
Cinza da garantia do direito à vida
Da inexistente política de saúde
Que vitima até mesmo o próprio e maior ladrão...

Oh, meus irmãos! Minhas amigas!
Valerá um centavo tal civilização?
Meus maravilhosos conterrâneos!
Vale um punhado de cinzas...
Todo esse mundo do lucro e da razão???
Que pátria mãe gentil... que nada!
Povo pilhado! arrasada nação!
Aproveitem... aproveitem! O máximo!
Essa alegria! A fantasia! Absorvam a anestesia...
Pois a delicada cirurgia virá depois!
No corpo do gigante adormecido
Alguns já se agarram a fé e à religião...
Quanto maior o mergulho na ilusão do presente...
Menor será a dor, na operação que virá depois...
A promessa constante de um constante futuro
De pilhamento... de sacrifício... de espoliação...

Que crime, cometeram, para tão dura pena?
O crime de acreditar no governo do homem
De acreditar que eleições são feiras livres
Que sua cidadania acaba no voto
E de deixar livres partidos e ideologias
Do alcance das rédeas do poder popular...
Que deve tudo acompanhar no pós-eleição???

E virá o aumento da água...
Em breve do combustível
E como sempre o aumento de tudo...
Minguado será o seu salário
... Virá o aumento do pão...
... Se for assaltado na esquina...
Não se preocupe... o pouco que sobrar
Será levado como tributo
E do tributo o maior quinhão
Que se transformará em propina
Na malha sem fim da corrupção...


Contente-se se não devorarem seu corpo
Se não fizerem de sobremesa sua alma
Pois há muito já surrupiaram seu sonho
Seu espírito... sua crença na utopia...
Sua crença na justiça...
Nesse vale de lágrimas... onde a cada dia
Reina quem se diz: o bom ladrão...


E haja festa... e haja carnaval... e haja ilusão...
Pois para arrancar do corpo a alma
Para que sem alma seja ferramenta da escravidão...
Haja fantasia... haja cirurgia... haja passageira alegria...
Haja o maior dos carnavais... haja a maior ilusão!
A democracia foi transformada em chiqueiro
Nele aprisionou-se para engorda o cidadão
E nesse mar de lama... um é servido assado ao outro na mesa...
A lavagem foi convertida em festa...
Mas enquanto o alimento ardeu sobre a brasa
O que se alimenta... numa nova antropofagia
Devora o que sobrou do sonho... da ilusão... da utopia
... e haja carnaval... com instrumentos...
Tambores... zumbidos de mosquitos... de trombetas apocalíticas
Ninguém vê o horizonte com aurora austral cinza...
Haja festa... haja alegria... haja comemoração...

                                                                                           (De Valdecy Alves)


segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

VEJA ENTREVISTA DO ADVOGADO VALDECY ALVES COM O AUDITOR DO MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA OTONI GUIMARÃES - DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE PREVIDÊNCIA NO SERVIÇO PÚBLICO QUE FISCALIZA OS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA - COMO ESTÃO OS RPPS NO BRASIL????



VEJA ENTREVISTA QUE O DR.VALDECY ALVES FEZ COM AUDITOR FEDERAL QUE FAZ PARTE DO DEPARTAMENTO DE PREVIDÊNCIA NO SERVIÇO PÚBLICO - FISCALIZANDO REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA: Veja vídeo onde o Dr. Valdecy Alves entrevista o auditor Federal Otoni Guimarães, auditor fiscal e diretor do Departamento de Previdência no Serviço Público, que fiscaliza os regimes próprios de previdência Social de todo o Brasil - RPPS - municipais, estaduais, federais. TODOS COM SÉRIOS PROBLEMAS FINANCEIROS E ATUARIAIS, seja por má gestão, seja por desvios, seja por serem vitimas da corrupção. O QUE SÃO OS RPPS? O QUE DEVE SER FEITO ONDE HÁ PROBLEMAS? CAMINHOS PARA SOLUÇÃO? COMO FAZER DENÚNCIAS E ONDE DENUNCIAR? ... A entrevista abaixo interessa a todos os servidores filiados a regime próprio de previdência. VEJA E COMPARTILHE O VÍDEO ABAIXO - PARA ASSISTIR CLIQUE NO MEIO DA IMAGEM:





terça-feira, 26 de janeiro de 2016

PREFEITOS DO CEARÁ VÃO NADAR EM DINHEIRO NO DIA 30 DE JANEIRO DE 2016- COM O REPASSE DA COMPLEMENTAÇÃO DA ÚLTIMA PARCELA DO FUNDEB DO ANO DE 2015 E COM A PRIMEIRA PARCELA DA COMPLEMENTAÇÃO DO ANO DE 2016 QUE SERÃO REPASSADOS EM 30/01/2016 - FIQUEM DE OLHO!

                                                                                       Pesquisado do google


MAIS UMA VEZ AFASTANDO A IDEIA DE CRISE - OS PREFEITOS DO CEARÁ NADARÃO EM DINHEIRO NO PRÓXIMO DIA 30/01/2016 - QUANDO RECEBERÃO REPASSES DA ÚLTIMA PARCELA DA COMPLEMENTAÇÃO DA UNIÃO DO ANO DE 2015 E O REPASSE DA PRIMEIRA PARCELA DO ANO DE 2016 - SOMEM AS DUAS PARCELAS E VEJAM QUANTO DINHEIRO ENTRARÁ EM 30/01: Sem falar que todos os municípios cearenses receberam mais repasses de recursos em 2014 que no ano de 2013; mais recursos em 2015 que no ano de 2014... E AGORA ESTAS VERBAS DO FUNDEB.  Confira quanto o seu Município do Ceará receberá e fique de olho. A diferença de 2015 era pra ser rateada. SOBRA DINHEIRO PARA PAGAR O PISO LEGAL - MAS ELES NÃO QUEREM NEM PAGAR O PISO PIRATA DO MEC - A HISTÓRIA DA CRISE É UMA FALÁCIA PARA ENGANAR SÓ QUEM QUER SER ENGANADO (Favor se copiar dados citar a fonte): 

MUNICÍPIOS CEARÁ
QUE RECEBERÃO REPASSES DO FUNDEB –  ATÉ 30/01/2016
COMPLEMENTAÇÃO 2015 E 2016
Valor da Complementação do Fundeb – 15% Última Parcela ano 2015 R$
Valor da Complementação do Fundeb – 15% - Primeira parcela Ano 2016
ABAIARA
193.808,24
96.031,46
Por Dr.  Valdecy Alves
ACARAPE
299.903,63
147.060,29
ACARAÚ
1.340.927,16
644.065,92
ACOPIARA
1.107.600,99
518.059,98
AIUABA
355.414,27
160.785,95
ALCÂNTARAS
287.576,34
131.100,39
ALTANEIRA
197.629,95
92.839,00
ALTO SANTO
339.406,43
160.198,50
AMONTADA
1.037.095,93
485.097,70
ANTONINA DO NORTE
175.516,45
77.639,90
APUIARÉS
309.145,32
145.495,36
AQUIRAZ
1.610.191,54
755.272,41
ARACATI
1.334.271,93
629.678,17
Por Dr.  Valdecy Alves
ARACOIABA
662.245,38
300.125,11
ARARENDÁ
272.284,45
129.942,34
ARARIPE
647.543,38
295.430,32
ARATUBA
345.068,41
152.566,45
ARNEIROZ
204.885,16
98.183,85
ASSARÉ
457.259,39
206.472,34
AURORA
492.779,13
222.824,68
BAIXIO
116.274,86
56.055,87
BANABUIÚ
439.693,62
212.325,19
BARBALHA
1.085.905,96
520.874,45
Por Dr.  Valdecy Alves
BARREIRA
514.348,12
247.408,56
BARRO
415.558,35
187.734,09
BARROQUINHA
405.867,94
186.824,02
BATURITÉ
593.736,89
274.010,00
BEBERIBE
1.231.115,93
551.145,06
BELA CRUZ
597.719,94
284.061,68
BOA VIAGEM
1.210.499,86
534.234,16
BREJO SANTO
1.236.414,90
606.916,84
CAMOCIM
1.412.153,20
660.902,18
CAMPOS SALES
576.095,50
268.715,72
CANINDÉ
1.600.995,23
737.335,88
CAPISTRANO
476.514,17
193.155,97
CARIDADE
470.458,92
211.463,27
CARIRÉ
391.155,85
192.631,12
CARIRIAÇU
622.384,61
295.996,10
CARIÚS
308.731,89
153.168,34
CARNAUBAL
396.560,70
185.933,21
Por Dr.  Valdecy Alves
CASCAVEL
1.503.450,80
704.075,05
CATARINA
263.385,60
124.503,60
CATUNDA
324.422,09
155.470,00
CAUCAIA
6.345.183,01
2.994.753,04
CEDRO
446.500,11
198.127,64
CHAVAL
316.521,53
147.122,89
CHORÓ
340.797,98
143.814,87
CHOROZINHO
517.378,26
242.330,96
Por Dr.  Valdecy Alves
COREAÚ
583.169,20
283.430,90
CRATEÚS
1.383.525,64
661.222,39
CRATO
1.962.873,13
887.415,29
CROATÁ
451.617,57
205.376,89
CRUZ
626.549,17
285.152,32
DEPUTADO IRAPUAN PINHEIRO
185.574,92
93.604,62
ERERÊ
172.556,90
77.334,14
Por Dr.  Valdecy Alves
EUSÉBIO
1.422.836,85
692.831,62
FARIAS BRITO
429.120,89
204.064,76
FORQUILHA
454.688,05
218.905,13
FORTALEZA
20.939.901,54
10.156.694,33
FORTIM
337.077,10
162.064,38
FRECHEIRINHA
355.026,04
173.117,62
GENERAL SAMPAIO
230.366,61
107.973,10
Por Dr.  Valdecy Alves
GRAÇA
419.067,47
212.139,81
GRANJA
1.408.235,69
666.287,96
GRANJEIRO
142.623,51
63.707,19
GROAÍRAS
245.270,28
113.382,95
GUAIÚBA
591.654,61
284.232,62
GUARACIABA DO NORTE
991.805,10
423.682,53
GUARAMIRANGA
145.860,36
65.758,45
HIDROLÂNDIA
433.532,50
183.101,89
HORIZONTE
1.375.055,36
655.362,32
IBARETAMA
331.430,24
141.115,96
IBIAPINA
518.563,09
242.282,81
IBICUITINGA
333.784,78
154.401,03
ICAPUÍ
463.909,57
209.662,40
ICÓ
1.538.920,12
700.326,44
IGUATU
1.494.864,55
696.077,04
Por Dr.  Valdecy Alves
INDEPENDÊNCIA
478.525,86
214.212,74
IPAPORANGA
274.835,62
129.703,99
IPAUMIRIM
240.031,81
109.352,65
IPU
914.730,53
409.602,96
IPUEIRAS
934.706,29
425.572,49
IRACEMA
277.916,18
142.444,95
IRAUÇUBA
645.602,28
306.305,39
ITAIÇABA
135.186,79
67.552,11
ITAITINGA
893.272,47
417.129,08
ITAPAJÉ
1.048.369,48
495.231,23
ITAPIPOCA
2.876.726,38
1.333.254,86
Por Dr.  Valdecy Alves
ITAPIÚNA
433.845,09
184.404,39
ITAREMA
983.496,16
462.589,15
ITATIRA
605.902,85
339.308,61
JAGUARETAMA
343.873,50
155.332,77
JAGUARIBARA
241.962,83
115.737,57
JAGUARIBE
782.634,38
356.662,50
JAGUARUANA
585.937,17
258.066,96
JARDIM
753.553,06
346.345,99
JATI
180.860,80
88.115,32
Por Dr.  Valdecy Alves
JIJOCA DE JERICOACOARA
452.847,78
223.963,47
JUAZEIRO DO NORTE
3.697.794,70
1.641.411,68
JUCÁS
522.041,96
252.642,66
LAVRAS DA MANGABEIRA
651.022,25
284.126,69
LIMOEIRO DO NORTE
925.172,18
423.143,23
Por Dr.  Valdecy Alves
MADALENA
445.340,48
201.406,78
MARACANAÚ
4.229.365,73
2.014.048,53
MARANGUAPE
1.924.570,29
852.360,81
MARCO
793.781,89
356.989,93
MARTINÓPOLE
299.152,40
136.953,24
MASSAPÊ
862.386,17
365.902,83
MAURITI
1.032.230,56
467.389,89
MERUOCA
341.604,67
171.608,06
Por Dr.  Valdecy Alves
MILAGRES
551.077,90
260.753,82
MILHÃ
263.970,46
147.305,87
MIRAÍMA
372.732,98
186.058,41
MISSÃO VELHA
792.102,96
366.567,32
MOMBAÇA
990.388,35
410.996,95
MONSENHOR TABOSA
474.603,31
237.999,71
MORADA NOVA
1.320.311,08
607.256,31
MORAÚJO
227.785,19
105.904,98
MORRINHOS
494.009,34
242.042,05
MUCAMBO
333.976,37
155.029,41
MULUNGU
204.285,18
94.016,31
NOVA OLINDA
307.476,47
150.645,19
Por Dr.  Valdecy Alves
NOVA RUSSAS
620.549,39
275.473,82
NOVO ORIENTE
691.911,56
319.932,34
OCARA
559.845,66
274.698,57
ORÓS
473.206,72
213.996,06
PACAJUS
1.390.367,42
633.987,76
PACATUBA
1.147.986,11
530.244,79
PACOTI
255.217,82
117.064,15
PACUJÁ
152.979,44
66.863,54
PALHANO
182.761,58
86.841,70
PALMÁCIA
228.949,85
104.048,73
PARACURU
809.179,66
377.517,03
PARAIPABA
712.426,79
337.428,28
PARAMBU
790.111,43
335.625,00
PARAMOTI
333.114,22
144.503,44
PEDRA BRANCA
956.149,23
426.689,61
PENAFORTE
248.330,67
106.518,92
PENTECOSTE
779.286,60
376.643,08
PEREIRO
419.843,91
198.053,01
PINDORETAMA
484.979,41
229.125,34
PIQUET CARNEIRO
271.543,30
134.430,09
PIRES FERREIRA
241.720,83
113.621,30
PORANGA
295.053,38
137.218,07
PORTEIRAS
426.065,54
204.743,70
Por Dr.  Valdecy Alves
POTENGI
220.439,23
108.213,86
POTIRETAMA
148.542,62
69.227,79
QUITERIANÓPOLIS
464.171,75
222.656,15
QUIXADÁ
1.509.798,47
705.904,82
QUIXELÔ
366.491,18
171.810,30
QUIXERAMOBIM
1.813.589,36
858.716,84
QUIXERÉ
406.104,90
188.564,70
REDENÇÃO
616.924,30
289.445,05
RERIUTABA
430.663,69
199.596,27
RUSSAS
1.474.273,68
691.276,31
SABOEIRO
387.409,77
171.331,19
SALITRE
541.871,51
246.671,84
SANTA QUITÉRIA
982.699,55
444.428,72
SANTANA DO ACARAÚ
719.011,43
323.064,61
Por Dr.  Valdecy Alves
SANTANA DO CARIRI
434.036,68
198.163,76
SÃO BENEDITO
1.133.248,82
464.792,10
SÃO GONÇALO DO AMARANTE
1.108.624,48
552.905,01
SÃO JOÃO DO JAGUARIBE
140.284,09
64.975,99
Por Dr.  Valdecy Alves
SÃO LUÍS DO CURU
281.974,86
125.189,76
SENADOR POMPEU
422.289,20
197.711,13
SENADOR SÁ
181.304,48
86.206,10
SOBRAL
3.793.438,36
1.726.832,91
SOLONÓPOLE
310.788,96
136.946,02
TABULEIRO DO NORTE
500.049,46
227.610,97
TAMBORIL
625.061,83
281.456,67
TARRAFAS
207.728,76
94.447,27
TAUÁ
1.531.271,66
720.718,71
TEJUÇUOCA
495.965,58
228.689,57
TIANGUÁ
1.802.729,24
861.463,90
TRAIRI
1.203.320,28
562.410,16
TURURU
385.508,99
177.289,97
UBAJARA
749.252,38
340.459,44
UMARI
155.939,00
69.088,15
UMIRIM
438.720,55
201.255,10
URUBURETAMA
542.859,71
239.095,16
URUOCA
346.359,13
159.887,92
VARJOTA
429.206,60
208.971,42
VÁRZEA ALEGRE
746.323,07
355.215,54
VIÇOSA DO CEARÁ
1.639.262,78
696.476,70
Por Dr.  Valdecy Alves

Related Posts with Thumbnails